Atalhos aos Fundamentos => 2ºF 3ºF 4ºF 5ºF Final.

  TCE - Tratado Cosmológico Espacial

.17/11/2013

 O  1º.  FUNDAMENTO  DA  TEORIA  ESPACIAL  DIZ:

"Todo movimento requer 'Espaço' e todo 'Espaço' se consolida com o movimento"

POSTULAÇÃO  BÁSICA – 1º F

*  O 'Espaço' na forma 'primitiva' e 'pura' já existia antes da formação do Universo; denominado de 'Espaço primordial' [1].

*  O 'Espaço' é o 'conteúdo elementar' de natureza 'etérea' em estrutura 'fluídica'; denominado de ‘elemento essencial' ou 'pré-energia'.

* O 'Espaço' associado ao 'movimento' se transforma em energia, sendo o 'movimento' o “agente de transformação” do 'Espaço'; denominado de 'transformador universal'.

*  Sem 'Espaço' não existe movimento, e sem movimento 'nada' existe.

*  'Espaços primordiais' com movimentos opostos, se unem para formar o 'Espaço puro', que no princípio era o 'Espaço origem', o qual deu início à formação do Universo.

 * O 'Espaço-puro' é 'neutro'(0) quando estacionário ou em movimento retilíneo, porém, acima de uma velocidade de giro se "polariza" (+ ou -), conforme o 'sentido vetorial' do movimento, ou seja, do "sentido do giro". Por convenção, no sentido horário (+) e no anti-horário (-).

* O 'Espaço' permeia toda a extensão do Universo e permite sua expansão.

* O 'Espaço' ocupa o 'espaço-volume' e são iguais apenas em 'módulo' - o 'Espaço' tem 'grandeza vetorial' e o espaço-volume 'grandeza escalar'; por não ter movimento.

* O 'Espaço' é solidário ao movimento; não faz oposição a ele.

AXIOMA Nº 01

“Sem o Espaço não há movimento, sem movimento não há energia, sem energia não há matéria, e sem matéria não há Universo físico”

.

DISSERTAÇÃO - 1º F

UM  POUCO  DA  ORIGEM  DO  'ESPAÇO  UNIVERSAL'

Existem grandes 'extensões espaciais' em outras dimensões fora do 'Universo trial' que conhecemos [N1]. A essas extensões do 'Espaço' primitivo foi dado o nome de 'Espaço primordial'. Entre elas existiram (e ainda existem) duas extensões ‘Espaciais' 'inversamente polarizadas', ou seja, girando (ou espiralando) em sentidos opostos, que chamaremos de "Versos".

Devido às polaridades dos 'versos' serem "invertidas", uma 'indução' cósmica espacial com resultante "atrativa" (Lei proposta), os mesmos se "cruzaram". À partir deste cruzamento, iniciou-se o processo de "união" dos 'versos' num "ponto de interseção" entre as duas espirais, formando 'vórtices' perpendiculares no centro da fusão em giro [veja imagem semelhante].

Por um 'vórtice' (cônico), imediatamente passou a se propagar um novo tipo de ‘Espaço': o 'Espaço neutro' (polaridade nula), o qual denominamos de 'Espaço origem'. Assim, a "união dos versos opostos" deu-se origem a um novo 'conteúdo espacial' em expansão que conhecemos como 'Universo'.

Ao 'Espaço origem' que se expande livremente em linha reta, e sem nenhuma transformação, foi dado o nome de 'Espaço puro' (ou virgem) enquanto mantiver-se na condição "neutra" ou seja, enquanto não apresentar movimentos espiralados ou rotativos.

 

NOTAS: [voltar]

(N1) - O TCE apresenta uma "nova visão" do Universo; o "Universo Trial" - não só 'Dual'.

(Ver o artigo "Universo Trial" na seção de EXTRAS).

A formação do 'Espaço-origem' (embora bem provável) está apresentada no TCE como "hipótese" (filos.), porém, consideramos que o 'Espaço primordial' seja "eterno", ou seja, que sempre existiu e sempre existirá, ou , sem início e sem fim.

 

TIPOS  DE  'ESPAÇO' [ voltar ]

Para facilitar o entendimento da 'Teoria Espacial' foram criados diferentes "conceitos espaciais", alguns antigos, outros novos, atribuindo a cada um deles um "nome" para o seu tipo de 'conteúdo de energia', sendo cada "termo" (nome) o mais próximo possível do que ele representa na prática.

EXEMPLOS  DE  ALGUNS TIPOS  DE ‘ESPAÇO':                 

Espaço-primordial => Conteúdo espacial primitivo que sempre existiu; ETERno.

Espaço-origem    =>  Conteúdo espacial resultante da "união" do 'Espaço primordial'.

Espaço-puro        =>  Conteúdo espacial no estado 'neutro'; com polaridade nula.

Espaço-tempo     =>  Conteúdo espacial que envolve corpos em movimento cíclicos e/ou constantes.

Espaço-cercado  =>  Conteúdo espacial retido no interior de átomos; 'energia quântica' (pacotes).

Espaço-cósmico  =>  Conteúdo espacial de formação, sustentação e afastamento dos astros em geral.

Espaço-sideral    => Conteúdo espacial de movimentação de astros "visíveis" pelo céu; faixa Optica.

Espaço-real        =>  Conteúdo espacial onde todos os fatos reais ocorrem e ao mesmo tempo.

Espaço-quântico => Conteúdo espacial  retido por cada orbital eletrônico; quantum (pacotes).

Existem outros tipos que não representam um 'conteúdo de energia' propriamente dita, mas que influenciam nos sistemas dinâmicos do Universo:

EXEMPLOS:

Espaço volume       =>  Medida escalar da extensão de um conteúdo qualquer.

Espaço imaginário =>  Dimensão mental de extensão 'infinita'.

Espaço mental ====>  Dimensão espacial de extensão ilimitada; o "Berço do tempo".

Espaço vazio          =>  Espaço-volume sem nenhum conteúdo material ou energético; só 'Espaço' ('E').

 

Todos estes e outros tipos, encontram-se mais detalhados nos próximos capítulos, e, também, são encontrados de forma sintética no 'Glossário' desta publicação.


NOTA:
A grande vantagem do 'Espaço' ('E' maiúsculo) como no TCE é apresentado em sua forma original (pura), não requer nenhum símbolo gráfico para representá-lo didaticamente. Sugerimos apenas nomes complementares para identifica-los em seus diversos estados físicos; Ele é tão sutil que é confundido com o "Nada", e que este é a "ausência" do próprio 'Espaço'; 'Vácuo absoluto' no TCE.

Exemplos de símbolos gráficos em outras teorias: pontos, ondas, bolas, cordas, supercordas etc...

*****

A seguir, Postulados e Axioma do 2º Fundamento...

***

< PÁGINAS >